O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), condenou a fala do deputado Geraldo da Rondônia, que durante audiência pública no distrito de Jacinopólis, em Nova Mamoré, no último domingo (01), defendeu a queima de veículos dos órgãos de fiscalização ambientais. "É uma fala isolada, que não compactuamos. É um pensamento individual e que não traduz o pensamento da Casa de Leis, que realizou a audiência pública com o objetivo de promover o debate e encontrar soluções, dentro de um diálogo com todos os envolvidos: a comunidade, as instituições e os órgãos representativos. Foi uma fala infeliz e que não concordamos", assegurou Redano.

   De acordo com Alex Redano, "defendemos o diálogo e a resolução dos problemas de forma pacífica. Respeitamos as leis em vigor no país, as instituições, os órgãos de fiscalização ambiental e as forças policiais. Foi uma fala muito, muito infeliz e não compactuamos com ela e quero deixar registrado que a Assembleia Legislativa não defende jamais a incitação de crimes e de ameaças contra pessoas e ou instituições". Ainda segundo Alex Redano, a audiência foi muito produtiva, com a participação de milhares de moradores da região, que anseiam pela regularização fundiária de suas pequenas propriedades, onde trabalham e retiram o sustento.

Texto: Eranildo Costa Luna - ALE/RO

Foto: Diego Queiroz - ALE/RO